VII Jornada Catarinense de Plantas Medicinais já está com inscrições abertas

Image

A coordenadoria do curso de Naturologia da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) convida a todos os profissionais da área, e estudantes, para participarem da VII Jornada Catarinense de Plantas Medicinais que ocorrerá entre os dias 25 e 28 de agosto, na Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC), em Criciúma. O tema desta edição é “Plantas Medicinais e a Interdisciplinaridade”.

 As inscrições, realizadas até o dia 15 de junho, para profissionais são de R$160 e para estudantes de graduação e pós-graduação custa R$ 70. Segundo uma das organizadoras do evento, Karen Denez, uma das fundadoras do curso de Naturologia na Unisul, se houver um número expressivo de estudantes interessados em participar da jornada, há possibilidade de desconto na inscrição e hospedagem na universidade.

Os estudantes interessados devem encaminhar e-mail para comunicanaturologia.mariana@gmail.com, mas, as inscrições podem ser feitas pelo site  http://www.unesc.net/portal/capa/index/443 .

Anúncios

Projeto que cria política estadual para o uso das PICs é apresentado

Image

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Santa Catarina protocolará em breve o Projeto de Lei que cria a Política Estadual para as Práticas Integrativas Complementares (PICs). Se aprovada, a proposta permitirá que o estado ofereça aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) tratamentos considerados alternativos, como homeopatia, naturologia, plantas medicinais, acupuntura, termalismo, entre outros.

O projeto foi elaborado por uma subcomissão criada no âmbito da Comissão de Saúde no ano passado, passou por consulta pública no site da Assembleia e foi tema de um seminário estadual, realizado em julho. A proposta é assinada pelos sete deputados que integram a comissão.

De acordo com a coordenadora da Subcomissão das PICs, a farmacêutica Karen Denez, o projeto de lei foi elaborado com a participação de várias instituições ligadas ao tema. “Uma das vantagens do uso das PICs é a diminuição dos gastos com a saúde pública. Já há estudos em Florianópolis apontando que o consumo de analgésicos tem sido reduzido com a utilização das práticas entre os usuários do SUS”, afirmou.

O presidente da Comissão de Saúde da Assembleia, deputado Volnei Morastoni (PT), espera que o projeto seja aprovado ainda este ano, para que a política estadual possa ser colocada em prática já em 2015. “Já é parte de um programa do governo federal incentivar as PICs. Cabe agora ao estado possibilitar à população catarinense o acesso a esses tratamentos que vão complementar o atendimento que já é oferecido na rede pública de saúde”, afirmou.

Para o parlamentar, que é médico, as principais vantagens das PICs são o baixo custo para sua aplicação e alta resolutividade.  “Nosso estado, por exemplo, é rico em águas termais. O termalismo é uma dessas práticas, com poder curativo e sem a necessidade de investimentos elevados”, disse.

Além de Morastoni, os deputados Serafim Venzon (PSDB) e Sargento Amauri Soares (PSOL) participaram da apresentação do projeto de lei, na tarde desta terça-feira (27), na Sala de Imprensa do Palácio Barriga Verde. O evento foi acompanhado por representantes de instituições ligadas às PICs, como a Associação Brasileira de Naturologia e a Associação Catarinense de Plantas Medicinais.

 

Marcelo Espinoza
AGÊNCIA AL

 

Eleição para nova coordenação do curso Naturologia da Unisul ocorre nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira, 22, acontece a eleição para a coordenação de Naturologia da Unisul que será online, através do site Minha Unisul, basta clicar no Banner “Eleições 2014”, e ocorrerá das 9 às 22 horas. Além dos professores, todos os estudantes estão aptos a votarem.  

A candidata à reeleição, atual coordenadora do curso, Patricia Kozuchovski Daré, juntamente com seu vice-coordenador, Daniel Rodrigues, convidam a toda comunidade acadêmica para participarem desta votação, “é importante a participação de todos os professores nesta eleição para que consigamos manter o nível de excelência a frente do curso. Convido também a todos os estudantes a participarem deste processo, afinal é para eles que trabalhamos e nos dedicamos diariamente. Então, não se esqueçam de votar!”, complementa.

Os cargos a serem assumidos são o de Coordenador e Vice -Coordenador de Congregação e/ou Colegiado do Curso de Naturologia e do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde – Mestrado  para os próximos dois anos.