Pitanga

Eugenia uniflora

 

Família: Myrtaceae

Nomenclatura popular: pitanga

Parte utilizada/órgão vegetal: folhas e frutos

Indicações terapêuticas: febres, afecções estomacais. hipertensão, obesidade, reumatismo, bronquite, doenças cardiovasculares, calmante, anti-inflamatória, diurética, antioxidante

Contraindicações: não há relatos

Precauções de uso: nenhuma

Efeitos adversos: não há relatos

Interações medicamentosas: não há relatos

Formas farmacêuticas: erva seca, erva fresca

Vias de administração e posologia (dose e intervalo): frutos: ad libitum. 2 g de erva seca ou 4 g de erva fresca (1 colher de sopa para cada xícara de água) de folhas, em decocto ou infuso até 3 vezes ao dia, com intervalos menores que 12 h, para todas as indicações

Tempo de utilização:

Superdosagem: não há relatos

Principais classes químicas: flavonoides, terpenos, taninos, antraquinonas, óleos essenciais, antocianinas, carotenoides, cálcio, fósforo, vitamina C

Informações sobre segurança e eficácia: sem toxicidade nas doses recomendadas